A VITÓRIA, OU COISA QUE O VALHA

Nos anos 80 a “cultura de rua” do punk brasileiro manteve o meio independente ligado aos princípios anarquistas, e estes, por sua vez, mantiveram no independente um ambiente de cooperação, solidariedade, auxílio mútuo e intercâmbio cultural. Muitos daqui olham para os anos 80 apenas sob o espectro negativo das gangs e da violência gerada pela falta de informação que gerou muita coisa ruim apoiada sobre mentiras e distorções, mas se esquecem que em paralelo a isso muita coisa boa resistiu e aconteceu, mesmo que a mídia e o Estado tentassem encobrir tudo com futilidades, rivalidades e brigas.

Na Europa o movimento punk e anarquista construiu e manteve um circuito squatter que por anos abrigou bandas, grupos de militância, ativistas, artistas, fornecia hospedagem, experiências de convívio e de vida em novas formas de organização. Muito disso ainda existe e resiste até os dias de hoje. Hoje não há falta de informação, basta uma simples pesquisa na internet para ver tudo o que continua acontecendo ao redor do planeta. Hoje o Estado não pode usar a mídia para relacionar o punk e o independente à violência em propósito e a burrice das brigas de gang. A informação está aí, o twitter derruba governos e temos que usar tudo isso ao nosso favor.

Para construir uma nova cena independente é necessário fortificar os princípios que mantiveram o espírito de resistência sempre presente e vivo entre a juventude. E é claro que criar uma nova cena não será jamais um objetivo final, pelo menos não para mim, mas é um passo necessário para quem necessita desse ambiente vivo para respirar. E saibam desde já que será um grande trabalho que vai tomar tempo em suas vidas, que vai exigir muito esforço e muita dedicação. E principalmente que construir essa nova cena vai exigir uma mudança imediata e concreta de pensamentos e atitudes entre as pessoas dispostas a realizar essa transformação.

Mas é possível. Da mesma maneira simples que é possível você criar uma música, gravar uma música, colocar ela de casa mesmo na internet ou lançar sua demo. Da mesma maneira simples que é possível afastar as coisas da garagem e fazer um show em seu quintal, juntando a aparelhagem dos amigos. É possível. Só vai exigir mais dedicação e empenho. Mas não deixa de ser simples. Eduque para ter pessoas mais cultas a seu redor. Abra caminhos para ter espaços. Levante de sua cama para dar passos para fora de sua casa e mudar as coisas ao seu redor. É só querer, acreditar e começar.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s